terça-feira, 6 de outubro de 2009


Desse jeito vão saber de nós dois
Dessa nossa vida
E será uma maldade veloz
Malignas línguas
Nossos corpos não conseguem ter paz
Em uma distância
Nossos olhos são dengosos demais
Que não se consolam, clamam fugazes
Olhos que se entregam, ilegais

Desse jeito vão saber de nós dois
Dessa nossa farra
E será uma maldade voraz
Pura hipocrisia


(Vanessa da mata)

11 comentários:

Richard disse...

Hipocrisia deveria ser crime inafiançável...
Quando ao seu poema, simples, porém profundo. Consegui entendê-lo e esbolcei um leve contentamento.

Paty disse...

quando duas pessoas se gostam fica difícil esconder mesmo, todo mundo já repara. mas e daí, deixa que falem!

Marcus disse...

Não pode ligar para que os outros pensa, só que sua consiência manda!

Henrique disse...

É, se duas pessoas se amam, o que importa o que os outros pensam?

O importante é o nosso coração nesses momentos.

Vini e Carol disse...

Nem curto a música, mas achei bonitinha rs.
Beijos.

Vicky disse...

Tem tudo a ver:
EU e VOCÊ!

Não preciso de mais nada...

Falta de vida é assim:
ao invés de olhar pra si mesmos,
a mente de toda essa gente
só pensa em VOCÊ e em MIM!

Beijinhoprosfãs
(eu não seria nada sem vocês - MENTIRAAA - preciso de vocês pra nada. Desculpa se minha vida é MARA e a de vocês não, haha. AMOO)

Jamile Gonçalves disse...

LINDAS!

Vicky! disse...

hey, menina... eu te amo!

Vicky! disse...

ALIMAC disse...

Nem se importem com as más linguas, apenas amem.

Anônimo disse...

Lindas!!!
aliás, também adoro essa música... ;)