quarta-feira, 21 de maio de 2008

Eu não sigo a "massa"

Numa sociedade onde qualquer babaca quer virar celebridade, a figura do "ninguém" sempre me pareceu o melhor modelo de vida. E aqui não vai nenhuma pretensão estilosa do tipo "é legal ser diferente". Porra nenhuma. O que eu penso é que simplesmente "ninguém precisa ser igual".Cada pessoa devia andar por aí rezando pela própria Bíblia, ou seja, fazendo suas próprias leis e fazendo uso de seu livre arbítrio. Mas não é o que tem acontecido.Fico imaginando o que leva uma pessoa a essa necessidade doentia de ser aceito. E com o tempo me parece que em busca de aceitação as pessoas têm se padronizado de maneira assustadora e alarmante

2 comentários:

Gabriela disse...

Que texto hein meu amor,
Você foi muito direta,concreta e fria ao descrever á nossa triste sociedade que só segue a "massa" "padrões" que se estabelecem.

Amei minha lindinha! Eu torço muito por teu sucesso e sei que ele vai chegar,se já não chegou né.

Te Amo muito,o tanto que você nem imagina e muito menos crer.

Beijão amor!

Anônimo disse...

As palavras sao amigas eternas do homem e da mulher ..Abusar delas em alguns momentos e como estar desabafando e se apoiando em algo ... Gosto de dizer através de palavras tbm a minha felicidade por te-la com minha amiga e expor aki o meu desejo de sucesso a vc que é e que sempre será uma grnade artista interiormente e externamente e uma presente amiga em todos os momentos. Viva aMiga e se divirta fazendo Arte, seja humilde sendo destaque, seja amdado fazendo os outros te amarem. Beijus do seu amigo Felipe. Nos vemos em breve